UMN

Realizado Acto de Entrega de Pastas ao Reitor da UMN

 

 

 ENTREGA DE PASTAS 3

O Magnífico Reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo Orlando Manuel José Fernandes da Mata, recebeu as pastas da Instituição num acto que simbolizou a transferência de poderes do Reitor Cessante Abraão Mulangi, assim como dos bens patrimoniais e de todos os processos que constituem matéria da actividade desenvolvida na UMN desde a sua criação.

O acto foi testemunhado pelos Decanos e Vice-decanos das Unidades Orgânicas da UMN e pelos Directores, Chefes de Departamento e Chefes de Secção da Reitoria, a quem o Reitor cessante pediu o mesmo espírito de sacrifício, entrega e dedicação nas actividades a serem desenvolvidas sob orientação da nova Direcção.

Por seu lado o Reitor da UMN, disse que espera contar com um colectivo de colaboradores dinâmico, inovador e solidário para a materialização exitosa dos projectos da Instituição e ressaltou o trabalho desenvolvido pela Direcção cessante sob orientação do seu anterior Reitor, enfatizando que graças este trabalho a UMN conseguiu afirmar-se em algumas partes do nosso globo.

Orlando Manuel José Fernandes da Mata destacou o acto como um incentivo a cultura de passagem de pastas, e como uma forma da nova Direcção tomar contacto com a realidade actual da UMN, e que o mesmo será de importância capital para a implementação de ideias futuras.

Realçou ainda, a missão de se dar continuidade aos projectos já implementados pedindo aos funcionários o apoio necessário para o sucesso destes, garantindo trabalhar afincadamente para que a UMN cresça e alcance a excelência.

ENTREGA DE PASTAS 1       ENTREGA DE PASTAS 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ministro do Ensino Superior Apresenta Reitor e Vice - Reitores da UMN

1 REITOR APRESENTAÇÃO

O Magnífico Reitor e os Vice Reitores da Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN) foram apresentados ao Governo Provincial da Huíla e a comunidade académica da Sexta Região, numa cerimónia que decorreu no auditório da reitoria da UMN e que foi presidida pelo Ministro do Ensino Superior da República de Angola, Adão Gaspar Ferreira do Nascimento. Na sua intervenção, o ministro enalteceu o trabalho desempenhado pelo corpo reitoral cessante, no asseguramento do funcionamento das Unidades Orgânicas da UMN, esperando continuar a contar com o contributo dos mesmos para a realização de múltiplas tarefas de desenvolvimento do ensino superior no país e na região.

Adão do Nascimento frisou que a Província da Huíla representou para Angola uma praça muito forte de formação de quadros, mas que de algum tempo a esta parte foi esvaziada sendo este o momento para se reforçar esta Universidade, expressando o desejo de querer ver a UMN a continuar a crescer e a apresentar resultados excelentes, que tenham um significado importante para o desenvolvimento dos profissionais nas distintas áreas, para o desenvolvimento dos quadros e das províncias da Huíla e Namibe, bem como, do país inteiro.

O Ministro do Ensino Superior disse ainda esperar que a UMN apresente resultados que signifiquem soluções inovadoras para os distintos problemas de desenvolvimento do país, e que sejam relevantes e consigam convencer cada observador e cada crítico. Adão do Nascimento expressou ainda o desejo de que o novo corpo directivo da UMN preserve a sua unidade e saiba colaborar com cada instituição existente Huíla e Namibe, bem como com as autoridades governamentais das duas províncias.

Por outro lado, o mais alto dirigente do Ensino Superior no país espera que os quadros formados na UMN sejam antes de tudo, cidadãos patriotas que amem o seu país.

1 MINISTRO APRESENTAÇÃO   1 GOVERNADOR APRESENTAÇÃO   2 REITOR APRESENTAÇÃO

Por seu turno João Marcelino Tyipingue, Governador Provincial da Huíla deu as boas vindas a nova equipa reitoral da Universidade Mandume Ya Ndemufayo e considerou que a nomeação da mesma representa uma continuidade nas acções de melhoria da qualidade do ensino superior na Região. Destacou o contributo dado pelas instituições do ensino superior privadas sedeadas na cidade do Lubango, para o desenvolvimento económico e social da Região e para a expansão do ensino superior. O Governador Provincial sugeriu a criação de uma instituição para supervisionar o desenvolvimento das Instituições do ensino superior privadas, de formas a se evitar o surgimento anárquico dessas instituições, e não permitir que as mesmas funcionem sem autorização, banalizando assim o ensino superior.

João Marcelino Tyipingue destacou ainda o crescimento da população docente e estudantil alcançado com a criação da UMN, cujos números subiram de 872 estudantes, 98 docentes e 13 cursos em 2009 para 10.611 estudantes, 396 docentes e 25 cursos actualmente.

E Orlando Manuel Fernandes da Mata, o novo Reitor da UMN, garante dar continuidade ao trabalho realizado pela equipa cessante e identificar novas áreas de intervenção e partir para a missão de dar o contributo para a o engrandecimento da Universidade Mandume Ya Ndemufayo com vista a melhoria da qualidade de ensino na mesma.

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos